facebook.com/agrupamento.alcacer    

 

 265 622 658
 geral@aeas.pt

Nova Página

A Página de Internet do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal está em processo de atualização.


Consulte a nova página no endereço:

http://aeas.pt

O acesso ao portal GIAE continua disponível no endereço:

http://giae.aeas.pt

Bibliotecas

O Agrupamento

 É uma verdade universalmente reconhecida que a leitura de uma obra concretizada por um autor/ autora de famoso nome deve ser acompanhada por uma atividade que não só complete a narrativa, como também permita aos leitores que vejam de diferente forma.

Por esse mesmo motivo, na fresca manhã de 21 de janeiro de 2015, ao bater das 9h30, as turmas de Ciências, Humanidades e Artes, do 12º ano, da Escola Secundária de Alcácer do Sal, fazendo-se acompanhar pelos professores: Anabela Maia, Ana Paula Júlio e José Marques, partiram da sua terra do sal para a vila dos frades. 

Veja as fotos no album do facebook do agrupamento.

 

A viagem até ao destino, Mafra, foi surpreendentemente calma, acompanhada com a música da rádio e de conversas cruzadas entre todos, incluindo alguns momentos de boa disposição. Ao fim de algum tempo todos os passageiros do autocarro puderam contemplar a fachada do Palácio Nacional de Mafra, da mesma forma  que alguns admiraram os integrantes do exército.

Sendo que as atividades a realizar no palácio só dariam início no período da tarde, depois da chegada, os alunos e os docentes, almoçaram. Alguns alunos tiveram oportunidade de o fazer no Jardim do Cerco e, como não poderia faltar, compraram alguns Fradinhos, sendo este o doce regional da vila.

Após a subida de uma longa escadaria, os participantes foram levados a assistir ao espetáculo de teatro “Leitura encenada do Memorial de Convento”, com a adaptação de Filomena Oliveira e Miguel Real.

A peça, que durou cerca de 1h30, recebeu várias críticas positivas graças à belíssima representação dos atores, que prenderam a atenção do público desde o primeiro momento, e também a sublime escolha e adaptação da narrativa de José Saramago.

Posteriormente deu-se a divisão em dois grupos para a visita guiada ao Palácio e à Basílica, que não só mostrou o estilo de arquitetura e decoração, mas que também enriqueceu os alunos em relação à linha de narrativa que retrata a construção do mesmo.

Apesar do frio, a história, os costumes, a decoração, a arquitetura e, principalmente, a biblioteca, deixaram todos os alunos surpreendidos e satisfeitos. É de salientar a excelente prestação dos expressivos guias, Rita e Eduardo, que cativaram e prenderam a atenção do auditório.

De uma forma geral, esta visita foi agradável e produtiva. Deu a possibilidade de perceber muito melhor a obra, de nos integrarmos na história e de entendermos os costumes e cultura do nosso país. Todos estes aspetos contribuíram para uma apresentação distinta do conteúdo que será lecionado em contexto de sala de aula.

 Será de importância afirmar que, na opinião dos intervenientes, é uma experiência a repetir e um local a visitar.  

Maria Madalena, 12º B